Conheça o Cacau Sagrado



O Cacau é um alimento que ficou conhecido por ser o principal ingrediente de um produto que é amado mundialmente: o chocolate. No entanto, o cacau é muito mais do que um ingrediente. Existe um universo fascinante conectado a este Sagrado Alimento.

Tal aspecto espiritual do Cacau é afirmado inclusive em seu nome científico: Theobroma Cacao que significa Cacau Alimento (broma) dos Deuses (theo). Para entendermos o por quê deste nome tão misterioso e peculiar, precisamos mergulhar na fascinante história do Cacau.

Durante muito tempo, as sementes negras deste fruto, eram consumidas apenas pelas altas hierarquias político-espirituais de povos da mesoamérica, tais como os Maias e Astecas. O Cacau Sagrado, uma bebida cremosa e picante, capaz de expandir a consciência humana, envolvia um processo alquímico interessante e secreto: as frutas eram colhidas, suas sementes então fermentadas por um determinado período de tempo, então eram secas ao sol e moídas para que pudessem se solubilizar na água com especiarias especialmente selecionadas para ativar os princípios ativos desta medicina. O imperador asteca Montezuma era um grande apreciador do cacau, seja pela força e vigor que trazia e também pelas propriedades afrodisíacas da deliciosa bebida, que pouco a pouco foi sendo mais e mais disseminada entre aquelas sociedades, para então ter sua receita mágica escondida quando da invasão espanhola. Hoje em dia, com a cada vez maior necessidade humana de abrirmos o coração e nos conectarmos com nossa essência verdadeira, o cacau volta a nos conceder sua presença e sua graça.


Mas qual é a magia deste Cacau Sagrado?

Para isso, vale entender um pouco do processo fisiológico que ocorre quando ingerimos a bebida. O cacau possui propriedades vaso-dilatadoras, isso significa que ele aumenta o calibre de nossos vasos sanguíneos, o que permite o sangue flua mais intensamente em nosso corpo. O órgão principal de nosso sistema circulatório é o coração, que além de desempenhar essa função vital em nosso organismo, também é considerado o nosso centro energético do amor. Outro nutriente relevante aqui é o magnésio, um mineral que tem a propriedade de relaxar nossa musculatura. Lembre-se que nosso coração é um músculo! Assim, ao ingerirmos o cacau, nosso sistema circulatório se intensifica e nosso coração, assim com todos os demais músculos do nosso corpo relaxam. E isso também reverbera em nosso sistema energético, o que faz com quem nosso centro cardíaco se abra…

Sim, o cacau ajuda a abrirmos nosso coração. Nos abrirmos para a verdade amorosa mais profunda de nosso ser. Amor que primeiramente se direciona a nós mesmos, que então nos sentimos mais leves e felizes (aqui vale lembrar o efeito incrível do cacau em estimular a produção de serotonina, o hormônio do prazer), e depois também nos permite uma verdadeira conexão a partir do centro do coração com a nossa comunidade.

Nos conectamos com nossa autenticidade amorosa e a partir daí podemos adentrar os reinos sagrados do Espírito do Cacau. Assim como todas as plantas, o cacau possui seu deva, sua consciência própria, que trabalha de forma compassiva em sinergia com aqueles que a consagram. É uma entidade feminina, tântrica, que entende que a cura e a evolução podem sim acontecer pelo caminho do prazer e da alegria.

Texto de Marilia Botton Lins @tribalshakti

5 visualizações0 comentário

© 2020 por Júlio Archanjo